Dica de Livro: Um Pressentimento Funesto

Dica de Livro: Um Pressentimento Funesto
Sinopse: Envolver-se em tramas perigosas é uma especialidade do casal de aventureiros Tommy e Tuppence Beresford. Desta vez, durante uma visita a um asilo de senhoras, Tuppence vê um quadro que retrata uma casa que não lhe parece totalmente estranha. Lá, também conhece uma anciã que lhe fala de um menino morto escondido em uma chaminé. Pouco tempo depois, a velha senhora abandona o asilo sem dar qualquer explicação. Disposta a descobrir o paradeiro dela, Tuppence decide encontrar a casa misteriosa e acaba deparando-se com um assassino perverso.

Opinião: Sempre que escolho uma obra de Agatha Christie para ler, já imagino que vou encontrar o detetive belga Hercule Poirot ou a Miss Marple - meus personagens preferidos. No entanto, nesse livro entra em cena o casal Tommy e Tuppence, confesso que fiquei desapontada por não encontrar meus queridos detetives. 

Ler Um Pressentimento Funesto não foi uma experiência tão empolgante como foram as outras obras de Agatha Christie. A história é interessante, tem um desfecho inimaginável, porém, como já citei acima, tenho meus detetives preferidos e por mais que tentasse me envolver, sempre sentia falta deles [Poirot ou Miss Marple], cheguei a coagitar a ideia de parar a leitura, mas como não gosto de deixar algo inacabado, continuei. 

Enfim... Tuppence é uma boa detetive, mas não consigo gostar dela, nem do seu marido. É questão de gosto e respeito quem tem opinião diferente, mas Um Pressentimento Funesto é o livro de Agatha Christie que menos gostei.

Minha Nota: 1star1stargraygraygray

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Truque Caseiro para Tirar o Roxo dos Cabelos

Combatendo as Estrias com Pedra Hume