Livro: Gargalhada na Escuridão - Assuntos e Achados da Scheila

6/20/2019

Livro: Gargalhada na Escuridão

Dica de Livro: Gargalhada na Escuridão
Sinopse: Este é um romance sobre o amor como crueldade. Admirador das artes, bem-nascido e dono de uma vida confortável, casado com Elizabeth, moça de boa família, e pai de Irma, uma menina de oito anos, Albinus se vê subitamente desafiado por uma inquietação íntima que ele identifica como ânsia sensual. No escuro do cinema, esse vazio ganha silhueta, rosto e, finalmente, um nome: Margot Peters. A adolescente petulante destrói o homem casado, que toma como amante com rudeza predatória. Obriga-o à separação, gasta o dinheiro dele, humilha-o com sua vulgaridade. Albinus se entrega como quem se abandona a um destino. O desastre anunciado sobrevém em doses dolorosas. Margot manobra, manipula. 

Minhas Observações: Vladimir Nabokov já entrou para minha lista de escritores prediletos, seus livros são incríveis e envolventes da primeira a última página. Lançado em 1932, Gargalhada na Escuridão foi o primeiro livro que li do escritor. Fui transportada para dentro da história, deixando a sensação de ter presenciado cada situação vivida pelos personagens. Raros são os livros que conseguem esse feito.

Albinus é um respeitado crítico de artes, casado com Elisabeth com quem tem uma filha, Irma, de oito anos de idade. Vivendo uma vida confortável em Berlim, Albinus conhece Margot, uma adolescente de dezessete anos de idade, durante idas ao cinema. Seu anseio de viver um caso de amor extraconjugal torna-se real. Ao ver seu casamento desfeito, Albinus vai morar com sua amante, porém, ela não o ama.

Margot consegue fazer com que Albinus a coloque em um filme. Todavia, durante as filmagens ela reencontra Axel Rex, seu grande amor do passado. Em pouco tempo os dois reatam o relacionamento e elaboram um plano para se apropriarem da fortuna de Albinus. Durante uma viagem, Albinus descobre o caso da esposa, tomado pelo ódio, ele só pensa em se vingar. Mas Margot é esperta e consegue contornar a situação. Voltando da viagem, Albinus sofre um acidente, perdendo a visão. Agora, completamente cego, ele está nas mãos da ambiciosa Margot e do seu amante. 

Gargalhada na Escuridão é daquelas histórias inesquecíveis, com personagens marcantes e um desfecho trágico. O título do livro corresponde exatamente ao enredo, acompanhamos a história de um homem (de meia idade) que levava uma vida tranquila ao lado da família, mas o desvaneio de viver uma ardente paixão o leva às trevas. Meu único sentimento em relação ao personagem Albinus foi de pena, infelizmente ele traçou seu destino com traços amargos. O livro é também um estudo riquíssimo da capacidade humana de fazer o mal.

Durante a leitura de Gargalhada na Escuridão é possível ouvir um riso mansinho que carrega junto a sensação que amor por vezes é cego. 

Minha Nota: 1star1star1star1star1star

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço a visita!! Beijos da Scheila!!